TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

domingo, 13 de abril de 2014

AI! SE SÊSSE!


Severino de Andrade Silva (1904-1965).
Você nunca ouviu falar, né?
Foi um alfaiate paraibano que ficou conhecido como poeta
popular, o ZÉ DA LUZ.


Menos afamado que Patativa do Assaré, que teve poemas
musicados, Zé da Luz também compunha seus poemas
no linguajar sertanejo, aquele que não segue os padrões
da língua culta e por isso é - erradamente - rotulado de
'errada'.


Composições geniais é o que nos deixou o Zé da Luz,
pois, além da métrica e rima perfeitas, exibem deliciosos
voos imaginativos. Trago aqui um exemplo que, embora
bem difundido, é sempre bom de reler. 


"AI! SE SÊSSE!…
Zé da Luz


Se um dia nós se gostasse;
Se um dia nós se queresse;
Se nós dois se impariásse,
Se juntim nós dois vivesse!


Se juntim nós dois morasse
Se juntim nós dois drumisse ;
Se juntim nós dois morresse!
Se pro céu nós assubisse?


Mas porém, se acontecesse
qui São Pêdo num abrisse
as portas do céu e fosse,
te dizê quarqué toulíce?


E se eu me arriminasse
e tu cum eu insistisse,
prá qui eu me arrezorvesse
e a minha faca puxasse,
e o buxo do céu furasse?…


Tarvez qui nós dois ficasse
tarvez qui nós dois caísse
e o céu furado arriasse
e as virge tôdas fugisse!"
   *   *   *
  

Virge! As virge táo doida pra fugí do céu!
É inté bão qui elas venha, né?

Abraço do tesco

5 comentários:

Anônimo disse...


como de costume, eu não conheço, é a primeira vez que vejo, mas ADOREI.
coisas simples que retratam o homem comum!
hiscla

FOXX disse...

Eu conheço o poema declamado pelo Cordel do Fogo Encantado

Anônimo disse...

Eu adoro esse tipo de poesia. Você sempre nos deixando mais cultos e felizes.
Beijotescas

ॐ Shirley ॐ disse...

Hahaha Puxá a faca e furá o buxo do céu, é por dimais de bão.
Legal esse Zé da Luz.
Beijos, tesco!

Denise disse...

Safadinho, hein! Interessado nas virgens. Muita paz!